Av. Vereador José Diniz, 3457 - 5o. andar - Campo Belo Medical Center | (11) 5041-1248 / 5531-5362

De recente desenvolvimento, é composta de partes do HPV – o Vírus do Papiloma Humano - modificados geneticamente. Atualmente, já existem no Brasil duas vacinas disponíveis: a Gardasil, da Merck Sharp & Dohme e a Cervarix, da GlaxoSmithKline. Em ambas fórmulas estão os subtipos responsáveis por 70% dos casos de Câncer de Colo Uterino. A Gardasil, entretanto, apresenta em sua fórmula também componentes que evitam em até 90% as Verrugas Genitais. Recomenda-se o uso em mulheres de idade entre 9 e 26 anos, de preferência naquelas que ainda não mantiveram relações sexuais. O esquema de vacinação consiste em 3 doses: aos 0, 2 e 6 meses.

O HPV - Papilomavírus Humano, é o maior causador de câncer de colo de útero. Das mais de 200 cepas (subtipos) deste vírus, as mais relacionadas com esta doença são as de número 16 e 18. Outra patologia relacionada ao HPV é a verruga genital (condiloma) causada principalmente pelos subtipos 6 e 11.

Atualmente, já existem no Brasil duas vacinas disponíveis: a Gardasil, da Merck Sharp & Dohme e a Cervarix, da GlaxoSmithKline. Estes nomes, referem-se aos utilizados internacionalmente - uma portaria do Ministério da Saúde proíbe o uso do nome comercial e determina a descrição dos componentes ativos da fórmula no rótulo (veja lista específica).

Estas vacinas devem ser aplicadas, para adequada proteção, em um esquema de 3 doses (0, 2 e 6 meses).

A Gardasil protege contra os subtipos 6, 11, 16 e 18 e está liberada pela ANVISA para o uso em mulheres entre 9 e 26 anos de idade. A Cervarix protege contra os tipos 16 e 18 e foi licenciada a utilização entre os 10 e 25 anos de idade.

Os custos também diferem. Informe-se. Converse com seu médico e proteja-se!

Vacina contra o HPV